Momento Polo

Polo realiza ciclo de paradas para manutenção

Programa - 01 -
Programa - 02 -
Programa - 03 -
Programa - 04 -

O Polo de Camaçari inicia em novembro mais um ciclo de paradas para manutenção de suas unidades industriais. O objetivo é garantir a integridade dos equipamentos, a confiabilidade dos sistemas operacionais, a segurança industrial, dos trabalhadores e das comunidades vizinhas ao Complexo, gerando também oportunidades de trabalho.

No total, são 1.450 postos de trabalho gerados em diversas campos de atividade, para caldeireiros, montadores, soldadores, eletricistas, pintores, vigilantes, dentre outras especialidades, dos quais mais de 70% selecionados na própria região do Complexo Industrial.

Vagas através do SINE/CIAT

O acesso às vagas disponíveis vem acontecendo desde o dia 3 de outubro através do Centro de Integração e Apoio do Trabalhador – CIAT, de Camaçari, e do Sistema Nacional de Emprego - SINE, de Dias D´Ávila.

Para o secretário de Desenvolvimento Urbano e Econômico de Camaçari, Djalma Machado, a parada do Polo para manutenção é de fundamental importância porque, além dos aspectos da segurança operacional, dinamiza a economia local, aquece os mais variados setores de serviços e traz também oportunidade para contratação da mão de obra especializada nos municípios vizinhos ao Complexo: “Nós temos o Centro de Integração e Apoio ao Trabalhador, que está totalmente à disposição na parceria entre o poder público e as empresas do Polo, através do Cofic, para que toda a intermediação de mão de obra aconteça através do CIAT”, afirma.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Dias D´Avila, Jerônimo Couto, por sua vez, assegura que “o Sine local está disponível para atender à demanda da parada do Polo Industrial de Camaçari, de acordo com a parceria estabelecida entre o Cofic, as empresas contratadas e a Prefeitura de Dias D´Ávila, no sentido de atender os trabalhadores do nosso município”.

Prioridade aos municípios vizinhos

Segundo Luiz Fontenelli, gerente operacional da Manserv, empresa prestadora de serviços de manutenção no Complexo Industrial, a estratégia utilizada para atender as necessidades de mão-de-obra na parada foi ampliar fortemente a contratação local, através do SINE/CIAT, para dar prioridade às pessoas dos municípios vizinhos ao Polo. “São profissionais das áreas de caldeiraria e soldagem, com experiência em manutenção de equipamentos e tubulações”, explica.

Adriano Oliveira, gerente de serviços da Priner Serviços Industriais, compartilha desse mesmo entendimento, quanto à absorção da mão-de-obra local: “Para estes eventos utilizaremos profissionais das atividades de pintura industrial, isolamento térmico e andaimes, com experiência na indústria química e petroquímica. A nossa estratégia das contratações tem sido de disponibilizar as vagas através do sistema CIAT e SINE, o que reforça dessa forma nosso compromisso com as comunidades onde os serviços estão sendo realizados”.

Além de aumentar a confiabilidade operacional e a segurança, as paradas programadas para manutenção das unidades industriais do Polo de Camaçari visam também promover o avanço tecnológico, bem como a implementação de projetos específicos de expansão de capacidade produção. Os investimentos previstos giram em torno de R$ 706 milhões apenas neste segundo semestre de 2016, envolvendo unidades industriais da cadeia química e petroquímica.

Polo comemora a Semana do Meio Ambiente

Cofic, empresas e comunidade estarão unidos sob o tema “Água: conservar é garantir o amanhã”,  quevai ancorar todas as ações comemorativas

A importância dos recursos hídricos para o país e o planeta está sendo ressaltada na programação elaborada pelo Comitê de Fomento de Camaçari(Cofic),Instituto Fábrica de Florestas (IFF), Prefeituras de Camaçari eDias d´Ávilae comunidades vizinhas para comemorar a Semana do Meio Ambiente em 2017. O tema foi definido por integrantes do Núcleo de Defesa Comunitária (Nudec) e do Conselho Comunitário Consultivo e norteará todas as ações previstas, inclusive aquelas desenvolvidas pelas empresas do Complexo Industrial.
 

A programação terá início nesta quarta-feira, dia 31 de maio, às 14 horas, com uma palestra da engenheira do Instituto Fábrica de Florestas, Lais Caetano, na Câmara de Vereadores de Dias d’Ávila. A proposta é sensibilizar professores e estudantes para uma reflexão sobre a necessidade de conservação do meio ambiente, a partir do olhar acentuado sobre a escassez dos recursos hídricos.Em Camaçari, a programação, que iria acontecer no mesmo dia, teve que ser adiada por conta da paralisação dos professores do município, o que inviabilizou a participação dos estudantes.

Plantio comunitário

No dia 2 de junho, a programação segue com as atividades de plantio comunitário, com início às 10h30, em Dias d'Ávila, na Av. Ayrton Senna. A previsão é reunir cerca de 200 pessoas, incluindo estudantes, professores, voluntários das empresas, lideranças e grupos da comunidade. O Instituto Fábrica de Florestas informa que serão plantadas em torno de 500 mudas de árvores.

O diretor executivo do Instituto Fábrica de Florestas, Álvaro Oyama, ressalta a importância de se celebrar a Semana do Meio Ambiente: “É um momento de reflexão sobre o que somos e qual nosso papel nessa grande nave que chamamos Terra. Nosso bem mais precioso, a água, dá sinais de que não estamos agindo com responsabilidade e sustentabilidade. Em 2017, na Semana do Meio Ambiente, vamos pensar juntos na água, em seus ciclos e nas florestas que a produzem com qualidade para manutenção da vida".

Ainda na área educacional, a Semana do Meio Ambiente contará com a distribuição para as bibliotecas das escolas municipais de Camaçari e Dias d'Ávila do livro infantojuvenil "Tomate, Pimentão e Cia", que aborda, em linguagem lúdica, a problemática da preservação dos recursos hídricos. O livro foi editado com apoio do Cofic, Fábrica de Florestas e Colégio Miró.  

A Semana do Meio Ambiente 2017 no Polo de Camaçari contará com a participação do Núcleo de Defesa Comunitária (Nudec), do Conselho Comunitário Consultivo do Polo, das Prefeituras de Camaçari e Dias D’Ávila, através das suas Secretarias de Educação.  Participam também como parceiros a Limpec e a Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Camaçari.

Assessoria de Imprensa

Companhia de Comunicação

Tels: 3247-5851/98892-1119 (Antonio Moreno)

Superintendência de Comunicação do Cofic
Tel.: 3634-3404/9967-6992 (Erico Oliveira)

SSa. 30.05.2017

Comitê de Fomento Industrial de Camaçari - COFIC
Rod. BA 512, Km 1,5 - Fazenda Olhos D'Água - Camaçari-BA. - Cep. 42810-440
Fone: (71) 3634-3400 - Fax: (71) 3634-3406

© 2009 - 2017 Cofic - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Pinet Web Solutions

Caso não consiga visualizar o arquivo clique no link ao lado para efetuar o download: download do PDF.