Polo Industrial de Camaçari/ 40 Anos

Desde o início de suas atividades, em 29 de junho de 1978, o Polo Industrial de Camaçari cumpre um papel vital e transformador para o Estado da Bahia, contribuindo para o seu desenvolvimento econômico e social, através da geração de emprego, renda e de novas oportunidades de investimento.

Manter-se competitivo nos dias atuais e nas próximas décadas é o principal desafio do Polo Industrial de Camaçari, compartilhado pelas empresas que o integram. Representadas pelo Cofic, as empresas do Polo vêm trabalhando firme nessa direção, em conjunto com o Governo do Estado, com as prefeituras dos municípios vizinhos de Camaçari e Dias d´Ávila e com a Federação das Indústrias do Estado da Bahia/Fieb, dentre outros parceiros importantes, por acreditarem que a integração operacional existente no Complexo Industrial é um modelo empresarial vencedor, que lhe confere um potencial inquestionável de atratividade para novos investimentos.

Qualidade e produtividade; qualificação profissional; investimentos em tecnologias limpas; segurança e proteção ao meio ambiente; parceria com universidades, instituições de pesquisa e com a comunidade; programas de responsabilidade social. São inciativas das empresas, do Cofic e de diversos parceiros públicos e privados que, aliados à capacidade e dedicação das pessoas que trabalham no Complexo Industrial, justificam a trajetória bem sucedida do Polo de Camaçari a ser mantida e ampliada nas próximas décadas.

Desenvolvimento econômico

Sempre mantendo o foco na expansão, atraindo empreendimentos em diferentes segmentos industriais, o Polo de Camaçari é um exemplo de sucesso na sua capacidade de superar adversidades, com uma trajetória baseada na competitividade, diversificação industrial e complementação de suas cadeias produtivas a partir de um perfil de gestão moderno e inovador.

Os números ilustram bem essa performance: o ativo total do Polo, que era de US$ 12 bilhões até 2008, saltou para US$ 16 bilhões em 2011, superando os 18 US$ bilhões a partir de 2016, excluindo os aportes realizados pelo Governo para infraestrutura. São dados que demonstram o potencial de atratividade do Polo, que vem ao longo do tempo ampliando suas atividades e contribuindo para o desenvolvimento da Bahia, com a geração de mais oportunidades de emprego e renda para Estado e municípios vizinhos ao Complexo Industrial.

Os novos empreendimentos são uma realidade. Entre os mais recentes, destaca-se  o Complexo Acrílico da Basf, que representa o seu maior desafio empresarial fora da Alemanha, com aportes superiores a R$1,5 bilhão. Em suas três unidades industriais no Polo de Camaçari, produz, em escala global, ácido acrílico, acrilato de butila e polímeros superabsorventes (SAP), utilizando como matéria-prima o propeno, fornecido pela Unidade de Petroquímicos Básicos da Braskem. 

Essa nova rota da produção em Camaçari vem atraindo indústrias de transformação, como a Kimberly-Clark, já em operação, que fabrica fraldas descartáveis e produtos de higiene pessoal a partir dos polímeros superabsorventes fornecidos pela Basf. A chegada de novas empresas, como Boticário, Knauf, Tecsis, dentre outras, atesta, por outro lado, o poder de atratividade do Polo, seja alimentando segmentos já existentes, seja introduzindo novas cadeias produtivas no portfólio do Complexo Industrial. 

EMPRESAS LÍDERES

O Polo Industrial de Camaçari abriga atualmente mais de 90 empresas, sendo 35 unidades industriais químicas e petroquímicas, e 23 parceiras no Complexo Ford. As demais estão nos segmentos de metalurgia do cobre, têxtil, bebidas, celulose, pneus, fertilizantes, energia eólica, bebidas e serviços (incluindo logística). A localização estratégica do Polo, no município de Camaçari, a 50 quilômetros de Salvador, permite fácil acesso às indústrias através das rodovias BA-093, BA-535 (Via Parafuso), Canal de Tráfego, ferrovias, portos e aeroportos.

Entre as empresas do Polo, destacam-se organizações líderes em seus segmentos, como a Braskem (líder em resinas termoplásticas na América Latina), a Paranapanema (principal produtor de cobre eletrolítico da América do Sul), a BSC (única indústria que produz celulose solúvel com alto teor de pureza em toda a América Latina), a Deten Química (única produtora no país de LAB - Linear Alquilbenzeno, matéria-prima básica para produção de detergentes biodegradáveis), a Ford (com capacidade de produção para 250 mil veículos/ano, com previsão de ampliação para 300 mil/ano), além da Continental (primeira unidade no Brasil) e a Bridgestone na produção pneus, ambas com ampliações realizadas em suas respectivas capacidades de produção.  No segmento eólico, um dos últimos implantados – com forte poder de crescimento – destacam-se indústrias como Gamesa, Torrebrás e Tecsis.

VETOR DE DESENVOLVIMENTO

O Polo tem sido um importante vetor de desenvolvimento para a Bahia e para o país. O faturamento anual do Complexo Industrial é de aproximadamente US$ 15 bilhões, as vendas para o mercado externo correspondem a 30% do total das exportações baianas e sua contribuição em ICMS para o Estado da Bahia é da ordem R$ 1 bilhão/ano. O Polo Industrial de Camaçari responde ainda por cerca de 90% da arrecadação tributária do município de Camaçari e por mais de 20% do Produto Industrial Bruto (PIB) do Estado da Bahia. 

 

Polo Industrial de Camaçari

Início de Atividades: 29.06.1978 

Empresas em operação: 90 

Principais segmentos: 

  • Químico – Petroquímico
  • Química Fina (fármacos)
  • Celulose 
  • Têxtil 
  • Metalurgia do Cobre
  • Fertilizantes
  • Automotivo
  • Pneus
  • Energia Eólica
  • Bebidas 
  • Serviços 

Investimento total (ativo atual, exclusive infraestura): US$ 20 bilhões

Novos investimentos : US$ 6,5 bilhões ( 2016)

Empregos: 15 mil diretos / 30 mil indiretos 

Faturamento: US$ 15 bilhões/ano

Exportações: mais de 30% do total exportado pelo Estado da Bahia

Impostos: R$ 1 bilhão/ano em ICMS(BA)

Participação no PIB da Bahia: 20%

40 Anos de Operação

Ao longo de 2018, o Polo Industrial de Camaçari contará com uma diversificada agenda empresarial e socioambiental para marcar os seus 40 anos de atividades, ressaltando a sua importância e contribuição para o desenvolvimento econômico e social dos municípios vizinhos de Camaçari e Dias d´Ávila, do Estado da Bahia, do Nordeste e do Brasil. 

O Programa dos 40 anos do Polo está ancorado nas seguintes linhas de abordagem: a Agenda Empresarial, contemplando ações e eventos que apontam para o aumento da competividade e ampliação das cadeias produtivas do Polo nas próximas décadas; e Agenda Socioambiental, que vincula institucionalmente à programação iniciativas na área sócioambiental já desenvolvidas pelo Cofic e instituições parceiras nos municípios de Camaçari e Dias D´Ávila.

O primeiro acontecimento importante da agenda empresarial foi a assinatura de um contrato entre o Cofic e o Senai-Cimatec, em fevereiro deste ano, para realização de estudo sobre as cadeias químicas-petroquímicas na Bahia e elaboração de um documento, contendo os principais pontos críticos e sugestões de ações estruturantes para alavancar a competitividade no Polo de Camaçari nestes segmentos produtivos. 

Já no mês de abril, ocorreu a cerimônia de oficialização, pela Universidade Federal da Bahia, da implantação do seu campus em Camaçari. Em maio, foi lançado o Programa de Desenvolvimento de Fornecedores de Camaçari, que tem por objetivo fortalecer a cadeia de fornecedores  nas áreas de influência do Complexo Industrial, principalmente nos municípios vizinhos de Camaçari e Dias D´Ávila, ampliando as conexões entre o Polo e os segmentos produtivos locais, incluindo áreas de comércio e serviços.

Este programa foi idealizado pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL) juntamente com a Prefeitura de Camaçari e envolve ações para capacitação das empresas fornecedoras nas áreas de Planejamento Estratégico, Finanças e Custos, Marketing e Vendas, totalizando 27 horas de oficinas coletivas e 18 horas de consultorias individuais, além do cadastro no Portal de Negócios da Indústria e Rodada de Negócios. O lançamento do programa contou com a participação de mais de 100 empresas e cumpriu efetivamente o seu propósito: auxiliar no fortalecimento da rede de fornecedores de produtos e serviços do município, ampliando a interface com o Polo de Camaçari, tornando mais eficiente a cadeia de negócios entre empresas de diferentes segmentos.

No mês de junho, os destaques da programação são a entrega do Prêmio Polo de Segurança, Saúde e Meio Ambiente (SSMA), um programa de auditoria em segurança, saúde e meio nas empresas do Polo. Tem ainda o Plantio Comunitário em Camaçari e Dias d´Ávila, numa parceria com Instituto Fábrica de Florestas -IFF/ Prefeituras Municipais/Conselho Comunitário/Núcleo de Defesa Comunitária – Nudec, em comemoração à Semana do Meio Ambiente.

Já no dia 5 de julho, ocorrerá o Evento dos 40 Anos do Polo (Fórum de Debates), no Teatro da Cidade do Saber, em Camaçari, tendo o propósito de discutir os desafios do Complexo Industrial para continuar na sua trajetória de competitividade, bem como adensamento                                                                  e diversificação de suas cadeias produtivas. Consta da programação do evento uma palestra do economista e ex-diretor do Banco Central, Gustavo Loyola, sobre “Crescimento Sustentável no Cenário Econômico Brasileiro”. 

Até o final do ano, novos eventos e ações marcam a Agenda dos 40 Anos do Polo, como as atividades do Programa Construindo o Futuro, a inauguração da Escola Técnica do Senai, o Polo de Cidadania, a inauguração do Cimatec Industrial e a Cerimônia de Entrega do Prêmio de Incentivo à Educação, realizado pelo Cofic em parceria com as Secretarias Municipais de Educação.

Abaixo, os principais itens da programação ao longo do ano:

Março 

Lançamento da Agenda Comemorativa dos 40 Anos do Polo


Abril

Lançamento do Campus da UFBA em Camaçari (UFBA/Prefeitura de Camaçari)


Maio

Lançamento do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores de Camaçari (Prefeitura de Camaçari/ Cofic/Instituto Euvaldo Lodi-IEL)

Palestras nas Escolas de Camaçari e Dias D´Ávila sobre Sustentabilidade (Cofic/ Instituto Fábrica de Florestas -IFF/ Prefeituras Municipais)


Junho

Entrega do Prêmio Polo de Segurança, Saúde e Meio Ambiente (SSMA)

Plantio Comunitário em Camaçari e Dias d´Ávila  (Cofic/ Instituto Fábrica de Florestas -IFF/ Prefeituras Municipais/Conselho Comunitário/Núcleo de Defesa Comunitária – Nudec)


Julho

Evento Comemorativo dos 40 Anos do Polo, no Teatro da Cidade do Saber, em Camaçari (05/07/2018)


Agosto

Atividades do Programa Construindo o Futuro nas Escolas de Camaçari e Dias d´Ávila (Cofic/Empresas do Polo/Secretarias Municipais de Educação)


Setembro

Inauguração da Escola Técnica do Senai (Senai/Cimatec)

Evento Polo de Cidadania (Cofic/Empresas do Polo/Sesi/Prefeituras Municipais/Outros parceiros)


Outubro

Inauguração do Cimatec Industrial (Senai/Cimatec)


Novembro

Evento Prêmio de Incentivo à Educação (Cofic/Secretarias Municipais de Educação)


FÓRUM DE DEBATES

O principal evento dos 40 Anos do Polo Industrial de Camaçari ocorrerá no dia 5 de julho, no Teatro da Cidade do Saber, em Camaçari, com a realização do fórum “Desafios Competitivos do Polo Industrial de Camaçari”, reunindo empresários, autoridades, instituições parceiras e imprensa. Na programação, destaque para as palestras “Desafios para a Competitividade da Indústria no Brasil”, com Flávio Castelo Branco, gerente executivo de Políticas Econômicas da CNI; e “Crescimento Sustentável no Cenário Econômico Brasileiro”, com Gustavo Loyola, ex-presidente do Banco Central, Economista do Ano em 2014.

 

PROGRAMAÇÃO

  • 08:00 – Welcome Coffee
  • 08:30 - Abertura: Cofic, FIEB, Abiquim, Prefeituras de Camaçari e Dias D’Ávila, Governo do Estado
  • 09:20 – Fórum: “Desafios Competitivos do Polo Industrial de Camaçari”

Apresentação/Contextualização | Mauro Pereira – Superintendente do Cofic

Perspectivas do Segmento Petroquímico no Polo de Camaçari |Marcelo Cerqueira  / Vice-Presidente Braskem

Estudo da Cadeia Petroquímica na Bahia | Leone Andrade – Diretor de Tecnologia e Inovação do SENAI – BA

Desafios e Perspectivas do Segmento Automotivo | Rogelio Golfarb – Vice-presidente da Ford

Infraestrutura, Logística e Competitividade no Polo Industrial de Camaçari – Paulo Guimarães – Superint de Atração e Desenvolvimento de Negócios da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia

Desenvolvimento Local – Ações para o Fortalecimento dos Segmentos Produtivos de Camaçari e Dias D’Ávila

Waldy Freitas, Secretário de Desenvolvimento Econômico de Camaçari

Gilmar Batista, Secretário de Desenvolvimento Econômico de Dias D’Ávila

  • 10:25 – Coffee-break
  • 10:40 - Palestra: “Desafios para a Competitividade da Indústria no Brasil” Flávio Castelo Branco – Gerente Executivo de Políticas Econômicas da CNI
  • 11:10 - Palestra: “Crescimento Sustentável no Cenário Econômico Brasileiro” Gustavo Loyola – Ex-presidente do Banco Central, Economista do Ano em 2014
  • 11:50 – Encerramento/Brunch

Assessoria de Imprensa - Companhia de Comunicação

Tels: 3247-5851/8892-1119 (Antonio Moreno)

Superintendência de Comunicação do Cofic

Tel.: 3634-3404

SSa. 05.2018

Comitê de Fomento Industrial de Camaçari - COFIC
Rod. BA 512, Km 1,5 - Fazenda Olhos D'Água - Camaçari-BA. - Cep. 42810-440
Fone: (71) 3634-3400 - Fax: (71) 3634-3406

© 2009 - 2019 Cofic - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Pinet Web Solutions

Caso não consiga visualizar o arquivo clique no link ao lado para efetuar o download: download do PDF.