Momento Polo

Polo realiza ciclo de paradas para manutenção

Programa - 01 -
Programa - 02 -
Programa - 03 -
Programa - 04 -

O Polo de Camaçari inicia em novembro mais um ciclo de paradas para manutenção de suas unidades industriais. O objetivo é garantir a integridade dos equipamentos, a confiabilidade dos sistemas operacionais, a segurança industrial, dos trabalhadores e das comunidades vizinhas ao Complexo, gerando também oportunidades de trabalho.

No total, são 1.450 postos de trabalho gerados em diversas campos de atividade, para caldeireiros, montadores, soldadores, eletricistas, pintores, vigilantes, dentre outras especialidades, dos quais mais de 70% selecionados na própria região do Complexo Industrial.

Vagas através do SINE/CIAT

O acesso às vagas disponíveis vem acontecendo desde o dia 3 de outubro através do Centro de Integração e Apoio do Trabalhador – CIAT, de Camaçari, e do Sistema Nacional de Emprego - SINE, de Dias D´Ávila.

Para o secretário de Desenvolvimento Urbano e Econômico de Camaçari, Djalma Machado, a parada do Polo para manutenção é de fundamental importância porque, além dos aspectos da segurança operacional, dinamiza a economia local, aquece os mais variados setores de serviços e traz também oportunidade para contratação da mão de obra especializada nos municípios vizinhos ao Complexo: “Nós temos o Centro de Integração e Apoio ao Trabalhador, que está totalmente à disposição na parceria entre o poder público e as empresas do Polo, através do Cofic, para que toda a intermediação de mão de obra aconteça através do CIAT”, afirma.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Dias D´Avila, Jerônimo Couto, por sua vez, assegura que “o Sine local está disponível para atender à demanda da parada do Polo Industrial de Camaçari, de acordo com a parceria estabelecida entre o Cofic, as empresas contratadas e a Prefeitura de Dias D´Ávila, no sentido de atender os trabalhadores do nosso município”.

Prioridade aos municípios vizinhos

Segundo Luiz Fontenelli, gerente operacional da Manserv, empresa prestadora de serviços de manutenção no Complexo Industrial, a estratégia utilizada para atender as necessidades de mão-de-obra na parada foi ampliar fortemente a contratação local, através do SINE/CIAT, para dar prioridade às pessoas dos municípios vizinhos ao Polo. “São profissionais das áreas de caldeiraria e soldagem, com experiência em manutenção de equipamentos e tubulações”, explica.

Adriano Oliveira, gerente de serviços da Priner Serviços Industriais, compartilha desse mesmo entendimento, quanto à absorção da mão-de-obra local: “Para estes eventos utilizaremos profissionais das atividades de pintura industrial, isolamento térmico e andaimes, com experiência na indústria química e petroquímica. A nossa estratégia das contratações tem sido de disponibilizar as vagas através do sistema CIAT e SINE, o que reforça dessa forma nosso compromisso com as comunidades onde os serviços estão sendo realizados”.

Além de aumentar a confiabilidade operacional e a segurança, as paradas programadas para manutenção das unidades industriais do Polo de Camaçari visam também promover o avanço tecnológico, bem como a implementação de projetos específicos de expansão de capacidade produção. Os investimentos previstos giram em torno de R$ 706 milhões apenas neste segundo semestre de 2016, envolvendo unidades industriais da cadeia química e petroquímica.

CÓDIGO DE ÉTICA E POLÍTICAS DE INTEGRIDADE

Conviver em um ambiente ético é ter princípios e regras estabelec idas e cumpridas. Por isso o Cofic estruturou formalmente seu Código de Ética e Políticas de Integridade e Anticorrupção , nos quais  todos os desejos da associação, alinhados às melhores práticas de convívio e preservação do bem comum foram preservados. 

A manutenção da nossa reputação é vital para nossas atividades. Por isso nos pautamos permanentemente por atitudes éticas, lastreadas na honestidade e tolerância  zero com relação a quaisquer atos de corrupção. É esta, portanto, a postura que norteia o relacionamento do Cofic com os seus públicos de interesse, entre os quais se destacam nossas empresas associadas, fornecedores de serviços, parceiros institucionais e comunidades vizinhas.

Os objetivos e preceitos básicos do Código de Ética do Cofic, políticas de Integridade e Anticorrupção estão sintetizados  a seguir:

  • Estabelece os princípios éticos e normas de conduta que devem orientar as relações internas e externas de todos os colaboradores e parceiros do COFIC.
  • Nossa ética resulta das atitudes conjuntas de: honestidade em qualquer situação; justiça; transparência; coerência e integridade. Comportamentos que sempre foram adotados e que agora foram institucionalizados com a implantação do “Compliance”.
  • Destinado a todos os públicos de interesse e parceiros de negócio.
  • Visa difundir compromissos com boas práticas de conduta ética e de responsabilidade socioeconômico e ambiental.
  • Busca estrita observância às leis vigentes, estatutos societários, diretrizes, normas, políticas e procedimentos, primando pelo zelo do Código de Ética.
  • Cumprir rigorosamente as leis brasileiras anticorrupção, incluindo  as disposições da Lei 12.846/2013.
  • Comprometimento com o bem-estar das pessoas e das comunidades onde atuamos.
  • Comprometimento em manter canais permanentes de comunicação e diálogo com as comunidades onde atua, visando uma integração e avaliação de sua participação no crescimento destas.

Canal de Ética

Os casos de suspeita ou de violação do preceitos mencionados acima podem ser reportados ao Cofic pelo seu Canal de Ética, através dos contatos abaixo:

Comitê de Fomento Industrial de Camaçari - COFIC
Rod. BA 512, Km 1,5 - Fazenda Olhos D'Água - Camaçari-BA. - Cep. 42810-440
Fone: (71) 3634-3400 - Fax: (71) 3634-3406

© 2009 - 2018 Cofic - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Pinet Web Solutions

Caso não consiga visualizar o arquivo clique no link ao lado para efetuar o download: download do PDF.