Empresas do Polo ajudam comunidades vizinhas com doações

O Cofic está atuando na interface com as secretarias das prefeituras de Camaçari e Dias d´Ávila, facilitando o encaminhamento de solicitações de apoio por parte das empresas do Polo aos  sistemas de saúde e as comunidades vizinhas. Diversas empresas estão participando ativamente dessa rede colaborativa tão fundamental durante a pandemia da Covid-19.

As empresas do Polo Industrial de Camaçari estão engajadas em apoiar os sistemas de saúde e as comunidades vizinhas neste momento de pandemia. Sejam produzindo itens essenciais para salvar vidas, como respiradores e máscaras para hospitais, ou doando cestas básicas, álcool em gel e kits de higiene para as comunidades. O Cofic está atuando na interface com as secretarias das prefeituras de Camaçari e Dias d´Ávila, facilitando o encaminhamento de solicitações de apoio às empresas do Polo. 

“Estamos empenhados em contribuir para mitigar os impactos da pandemia no nosso estado, prestando auxílio para as comunidades próximas e para as autoridades, com doações e através dos nossos produtos químicos e plásticos aplicados na limpeza e desinfecção, ou ainda na produção de equipamentos de proteção e descartáveis”, informa Carlos Alfano, diretor Industrial da Braskem na Bahia e novo presidente do Conselho de Administração do Cofic. 

As empresas do Polo de Camaçari, em sua maioria, fazem parte de grandes corporações e estão fazendo doações pelo Brasil e pelo mundo. O registro aqui é para algumas ações voltadas mais diretamente para as comunidades na área de abrangência do complexo industrial baiano. 

Braskem - Junto com clientes e empresas parceiras, está transformando resinas plásticas e químicos em embalagens para álcool liquido e gel, produção de água sanitária e até a impressão 3D de hastes para máscaras de proteção. Os itens são doados aos hospitais públicos, órgãos governamentais, comunidades e cooperativas. A iniciativa inclui a doação de 36,5 toneladas de resina plástica para produção de embalagens e equipamentos de proteção para hospitais baianos, 30 toneladas de hipoclorito para produção de 120 mil litros de água sanitária e 2,5 toneladas de polietileno para produzir 50 mil máscaras do tipo Face Shield, além de 4 toneladas de polietileno e 20 toneladas de polipropileno para produção de sacos de lixo hospitalar e descartáveis. A companhia também distribuiu 8 mil kits de higiene para famílias de comunidades de Camaçari, Salvador, Candeias, Simões Filho e Dias d´Ávila (beneficiando 34.200 pessoas) e garantiu cestas básicas durante três meses para 175 catadores que atuam na reciclagem em Salvador, Camaçari, Lauro de Freitas e Entre Rios. 

Ford - Está produzindo 110 mil máscaras de proteção para equipar os profissionais da saúde que atuam na linha de frente tratando pacientes com a Covid-19. A entrega do primeiro lote de 35 mil máscaras foi para as secretarias de saúde dos municípios de Camaçari, Salvador, Dias d'Ávila, Simões Filho e para o Estado da Bahia. A empresa também se uniu ao Senai Cimatec e a outras empresas para recuperar respiradores mecânicos tão fundamentais no tratamento de pacientes graves com Covid-19. O Ford Fund, braço filantrópico da empresa, está arrecadando doações para organizações sem fins lucrativos em todo o mundo no combate ao Covid-19. No Brasil, o valor arrecadado é para a ONG Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), na Bahia. “Em momentos desafiadores, os funcionários da Ford estão acostumados a agir e fazer a diferença. Mesmo agora, enquanto muitos estão em casa, nossos colaboradores estão procurando maneiras de ajudar”, aponta Mary Culler, presidente do Ford Motor Company Fund. 

Basf -  Junto ao grupo de voluntariado de Dias d’Ávila, arrecadou recursos para compra de cestas básicas para doação às famílias de crianças matriculadas em creches e pré-escolas do município que se encontram em situação de vulnerabilidade devido a pandemia da Covid-19. Com as arrecadações, foi possível doar também caixas de álcool em gel e máscaras de tecido. Além destas doações, a Basf apoiou a Fieb na compra de respiradores (que foram doados ao Governo do Estado), doou kits de alimentação e higiene para caminhoneiros e colaborou com EPIs para o Corpo de Bombeiros e álcool em gel para unidades de saúde da região. “Acreditamos que a indústria química tem um papel essencial nesse momento de crise e buscamos cooperar no combate ao Covid-19. Temos como prioridade o bem-estar de nossos colaboradores, o apoio às comunidades em que estamos instalados e o abastecimento de nossos clientes”, explica Tânia Oberding Maduro dos Santos, diretora geral do Complexo Acrílico de Camaçari. 

Bracell - Doou quatro respiradores e 50 mil máscaras ao Governo da Bahia. Os respiradores atendem às cidades de Alagoinhas, com duas unidades, Catu e Esplanada, com um equipamento cada. A doação se soma a outras realizadas pela empresa direcionadas a municípios do Litoral Norte e Agreste e à Polícia Civil, com o intuito de contribuir para o combate ao novo coronavírus. Ao Estado, foram doados protetores faciais, água sanitária, panos e pares de luvas. A Polícia Civil baiana recebeu pares de luvas. Aos municípios, foram entregues máscaras e kit de higiene e EPIs - Equipamentos de Proteção Individual. 

Unigel - Fez a doação de 47 mil quilos de materiais de seu portfólio e dois respiradores para hospitais públicos de Salvador. Cerca de 5 mil quilos de poliestireno (PS) foram para produção de 2 milhões de copos descartáveis para hospitais da rede pública e mais 2 mil quilos de PS para produzir 200 mil embalagens alimentícias em isopor para atendimento à população vulnerável em Salvador. A empresa também doou 13 mil quilos de alimentos, sendo 750 cestas básicas aos alunos da Escola Gisella Tygel e 550 cestas básicas aos alunos da Escola XIV de Agosto, ambas instituições de ensino mantidas pela companhia em Candeias, na Bahia. 

Paranapanema - Por meio da sua unidade em Dias d’Ávila, em parceria com a Fieb e com o  apoio do Cofic e Prefeitura Municipal, doou respiradores e máscaras para os hospitais e centros médicos, além de cestas básicas para a população mais carente, contribuindo para o combate à propagação do Covid-19.

Cetrel - Também está empenhada em contribuir com a sociedade neste momento de pandemia. A empresa fez contribuições para a compra de respiradores, doações de EPIs para o Corpo de Bombeiros de Camaçari e participa de fóruns de debate sobre a pandemia, à exemplo dos promovidos pelo Cofic. 

Bahiagás - Participou de campanha da Fieb para a compra de aparelhos respiradores para doação ao Estado da Bahia e vem aumentando os esforços para atender aos equipamentos de saúde. Entre as medidas estão a conclusão das obras do Duto Via Metropolitana para o novo Hospital Metropolitano de Lauro de Freitas e o fornecimento de gás natural para o Instituto Couto Maia.

Ultracargo - Realizou doação de recursos para a aquisição de respiradores para a rede pública de saúde da Bahia, em parceria com as empresas Oxiteno e Brasilgás. A empresa, que opera o Terminal de Aratu, também doou cestas básicas para as comunidades do entorno de suas operações.

Oxiteno - Juntamente com o Grupo Ultra, está atuando em diversas frentes para oferecer suporte nesse período difícil de pandemia, com doações de EPIs para profissionais de saúde e de glicerina para a fabricação de álcool glicerinado a 80% (que tem ação antisséptica). A empresa está direcionando suas doações para iniciativas lideradas pelas associações de classe e instituições que atuam nas localidades onde está presente.

Ambev - Doou 30 mil unidades de álcool em gel à Secretaria Estadual da Saúde da Bahia para uso nos hospitais baianos. Para fazer o álcool em gel, a empresa está utilizando suas linhas de produção em Piraí (RJ) e Jaguariúna (SP) – o álcool vem do processo cervejeiro e da produção de Brahma 0.0, uma cerveja sem álcool. A empresa também ampliou sua produção de álcool gel para 1 milhão de unidades para levar o produto às 27 unidades federativas do Brasil e Distrito Federal. 

Bridgestone -  Está produzindo 500 máscaras de acetato, do tipo face shield na fábrica de Camaçari, com o apoio de funcionários voluntários e o uso de uma impressora 3D. As peças são para doação aos profissionais do sistema público de saúde da Bahia. As doações da companhia também incluem cestas básicas para famílias de baixa renda localizadas nas cinco cidades onde possui operações, como Camaçari. Além disso, apoiou caminhoneiros autônomos brasileiros com doação de recapagens de pneus, promovendo mais de 250 milhões de km rodados. “É um momento desafiador para toda a sociedade e é nosso dever ajudar da melhor forma possível”, afirma Fabio Fossen, presidente da Bridgestone Latin America South. “Nossas ações são reflexo do compromisso global de responsabilidade social da companhia, Nosso Jeito de Servir, e somam-se a diversas iniciativas similares, que a Bridgestone está executando em todo o mundo”. 

Birla Carbon - Contribuiu também com a doação de um respirador hospitalar, em parceria com a Fieb (Federação das Indústrias do Estado da Bahia), destinado à rede hospitalar do Estado da Bahia. “O momento requer a contribuição de todos para administrar as adversidades e situações nunca vivenciadas anteriormente”, afirma Priscila Centrone, coordenadora de Recursos Humanos da Birla Carbon. 

Dow - Ampliou as doações de álcool em gel para hospitais e contribuiu, em parceria com a Ortobom, para a doação de mil colchões hospitalares à Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, atendendo inclusive aos novos leitos do hospital de campanha montado na Arena Fonte Nova.  “A ação faz parte da campanha ‘Estamos mais Juntos do que nunca #DowStrong’, em todos os países onde atuamos. No Brasil, a campanha reúne um conjunto de ações, com distribuição de álcool em gel, cestas básicas, vales refeição e produtos de higiene para cooperativas e projetos sociais”, afirma Leonardo Censoni, diretor comercial do negócio de Poliuretanos da Dow para a América Latina. 

Bayer - As doações estão sendo destinadas às ações de solidariedade do Governo Federal, ao Sistema Único de Saúde e ao Unicef no Brasil. Para as doações, a empresa selecionou instituições e projetos já estruturados, de abrangência nacional, que atingissem populações vulneráveis em regiões carentes, e que tivessem processos de governança e transparência bem estabelecidos. Além disso, a empresa também focou em ajudar os serviços públicos de saúde das cidades onde possui unidades produtivas. “A crise provocada pela pandemia de Covid-19 desafia a todos nós, por isso a colaboração entre os setores privado, público e a sociedade é a chave para o enfrentamento deste desafio no Brasil e no mundo” diz Marc Reichardt, CEO da Bayer Brasil. “Há mais de 120 anos, a Bayer está comprometida com o país, por isso nossa contribuição deve ser maior que a financeira. Estamos trabalhando incansavelmente para manter a disponibilidade de medicamentos e insumos necessários à produção de alimentos para os brasileiros”.

Air Liquide Brasil - A empresa tem incentivado ações de solidariedade para com as populações mais vulneráveis neste período de pandemia e está dobrando o valor doado pelos colaboradores para apoio a projetos sociais que estejam necessitando de ajuda ou que estão empenhados no enfrentamento a essa situação de emergência.

Votorantim - Por meio do Instituto Votorantim, a empresa está apoiando financeiramente as autoridades públicas, instituições de saúde e entidades privadas da sociedade civil para a compra de itens como kits para teste, respiradores e demais equipamentos essenciais de saúde. As iniciativas têm o apoio técnico e médico da Beneficência Portuguesa de São Paulo, organização apoiada historicamente pela Votorantim. Adicionalmente, também criou um fundo com recursos próprios para para atender as instituições, associações, ONGs e outras entidades públicas e privadas localizadas nos municípios onde atua. 

COFIC DIGITAL - EMPRESAS PATROCINADORAS
PROGRAMAS COFIC
Rod. BA 512, Km 1,5 - Fazenda Olhos D'Água - Camaçari-BA. - Cep. 42810-440