Utilizamos cookies para otimizar e facilitar a sua experiência de navegação neste “site”. Ao ter acesso aos conteúdos do nosso Portal, você está concordando com a nossa política de cookies e privacidade. Leia Mais.

Braskem avança em eficiência energética no Polo de Camaçari

A Braskem avança em eficiência energética. As iniciativas implantadas na fábrica Q1, no Polo Industrial de Camaçari, conseguiram, em um ano, reduzir 833 GWh de energia, volume equivalente ao consumo anual de energia elétrica de todo o estado de Roraima, que tem quase 600 mil habitantes, com a consequente diminuição de 247 mil toneladas de CO2 no período, o que equivale a 8% das emissões anuais do complexo. Agora, a meta da empresa é replicar essa experiência em suas unidades em outros estados do Brasil.

“A Braskem tem como um dos pilares da sua estratégia de energia sustentável a busca por otimização do consumo energético nas suas operações, a partir de iniciativas voltadas à eficiência operacional, aliada à expansão do uso de fontes renováveis na sua matriz e contribuindo para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis mundiais”, afirma Gustavo Checcucci, diretor de Energia da Braskem. Segundo ele, a companhia está empenhada em se tornar uma empresa carbono neutro até 2050 e “a eficiência energética tem papel fundamental de contribuição na redução de emissões de carbono, apoiando nosso compromisso de descarbonização”.

Ao todo foram mais de 10 iniciativas de eficiência energéticas implantadas na unidade do Polo de Camaçari e os ganhos já representam 5,5% do total de energia consumida pela fábrica. Entre os projetos, destaque para a digitalização de operações e otimização da energia utilizada pelos fornos de pirólise, equipamentos que demandam mais energia. O projeto, intitulado Multivariate Process Analysis (ProMV), foi desenvolvido com o apoio do Centro Digital da Braskem, com foco na implementação de ferramentas de análise, automação, inteligência artificial e Internet das Coisas. Por meio de modelos matemáticos, estatísticos e simulação em tempo real, o projeto otimiza o consumo energético da operação dos fornos de pirólise, equipamentos chaves na operação das centrais petroquímicas.

Outra iniciativa relevante foi a eletrificação de equipamentos, equilibrando a matriz energética da unidade industrial. Na prática, substituiu-se o acionamento de equipamentos turbinados, como bombas e compressores, por motores elétricos de maior eficiência. A iniciativa de eletrificação de equipamentos críticos é considerada uma quebra de paradigma na indústria química e petroquímica, fortalecendo um dos principais pilares de descarbonização mundial. Os demais projetos estão ligados à modernização tecnológica de equipamentos nas linhas de produção, realizada principalmente durante as manutenções planejadas.

Economia circular de carbono neutro

Vale destacar que além de gerar uma economia financeira, as iniciativas de eficiência energética fazem parte do projeto da Braskem de reduzir as emissões de carbono em 15% até 2030 e chegar a zero emissões em 2050. A empresa anunciou, em novembro deste ano, a ampliação de seus esforços para se tornar uma empresa carbono neutro até 2050. Para alcançar esta meta, a estratégia da companhia considera iniciativas de redução, compensação e captura de carbono, assim como ampliação do portfólio I’m green™, que inclui os produtos com foco em economia circular, e o engajamento para que nos próximos dez anos haja o descarte adequado de 1,5 milhão de toneladas de resíduos plásticos.

As iniciativas da Braskem para as próximas décadas estão alinhadas à Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), seus 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, e com o Acordo de Paris para o controle dos impactos das mudanças climáticas. Conheça o manifesto da Braskem em www.braskem.com.br/macroobjetivos.

COFIC DIGITAL - EMPRESAS PATROCINADORAS
PROGRAMAS COFIC
Rodovia BA 512, KM 1,5 - Polo Industrial de Camaçari - Camaçari - BA - CEP: 42816-440