Utilizamos cookies para otimizar e facilitar a sua experiência de navegação neste “site”. Ao ter acesso aos conteúdos do nosso Portal, você está concordando com a nossa política de cookies e privacidade. Leia Mais.

ITF produzirá este ano 192 toneladas de insumos farmacêuticos

A ITF Chemical, sediada no Polo Industrial de Camaçari desde o ano 2000, anuncia a produção de 192 toneladas de insumos farmacêuticos ativos neste ano de 2021, o que deve gerar um faturamento bruto de R$ 131 milhões. Pertencente ao grupo italiano Italfarmaco, a empresa possui a única planta de produção de Cloridrato de Sevelamer da América do Sul, comercializando esse produto exclusivamente para abastecer o Serviço Único de Saúde (SUS) no atendimento gratuito a pacientes crônicos renais na rede de saúde pública do país.  

Infelizmente, a pandemia da Covid 19 tem afetado a demanda nacional. “Com a pandemia, parte significativa dos pacientes evitou procurar os postos do SUS para submeter-se ao procedimento, com receio de contaminar-se com o coronavírus dentro de uma unidade de saúde”, afirma Leoncio Cunha, diretor superintendente da empresa no Polo de Camaçari. Apesar disso, o diretor informa que “o Ministério da Saúde já demandou 99 milhões de comprimidos para o ano de 2021”. Para atender a essa demanda, a ITF Chemical fornece o insumo para o Laboratório Cristália, cuja planta encontra-se na cidade de Itapira, no estado de São Paulo, e para Farmanguinhos, no Rio de Janeiro. 

Marco 

A comercialização do Cloridrato de Sevelamer para a rede SUS pode ser considerada um marco nos índices produtivos da empresa. “O faturamento bruto da ITF Chemical cresceu em 30% em base anual. Uma planta dedicada a essa produção foi construída em 2012/2013 e R$ 49 milhões foram investidos, com 100% de recursos próprios dos acionistas da empresa, na Itália”, lembra Leoncio Cunha. 

O desenvolvimento desse produto no Polo de Camaçari, através de uma PPP (Parceria Público Privada), contribuiu para reduzir os preços e garantir o fornecimento à população que necessita do medicamento. “A redução de preço em relação ao produto que era importado anteriormente à PPP é da ordem de seis vezes”, afirma o diretor superintendente da ITF.

Vale destacar que além do Sevelamer, a ITF Chemical produz outros insumos farmacêuticos, como o Ferrolat (combate à anemia) para os mercados europeu e asiático, SerinAid (nutracêuticos) e Temozolamida (câncer cerebral) para o mercado americano, Paroxetina (antidepressivo) para Israel e Doxazosina (hiperplasia prostática) para o mercado europeu.

Auditada regularmente pelo FDA (Food and Drug Administration) e pela Anvisa (Agëncia Nacional de Vigilância Sanitária), sempre com excelente performance, a ITF Chemical tem 117 empregados no Polo de Camaçari, entre efetivos e terceirizados, e possui um programa formal de treinamento no qual uma carga horária robusta é cumprida com foco e rigor, conduzida pela sua Gerência de Controle da Qualidade. Alguns dos colaboradores são treinados e reciclados na unidade farmoquímica da empresa, na cidade de Patrica, a 90km de Roma, na Itália. O núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) do Grupo Italfarmaco e da Chemi (braço farmoquímico do grupo) está sediado em território italiano. 

Sobre as metas de crescimento da ITF Chemical, o diretor superintendente Leoncio Cunha diz que “desde o ano 2000, quando o Grupo Italfarmaco, com sede em Milão, na Itália, adquiriu a planta originalmente construída pela GSK (Glaxosmithkline) no Polo de Camaçari, Bahia, anualmente os acionistas reinvestem principalmente em capex, em torno de 90% da geração líquida de caixa da companhia. O Brasil é o sexto maior consumidor de fármacos do mundo. A ITF Chemical mantém-se sempre alerta às oportunidades de expansão da sua participação no mercado nacional e internacional”.

COFIC DIGITAL - EMPRESAS PATROCINADORAS
PROGRAMAS COFIC
Rodovia BA 512, KM 1,5 - Polo Industrial de Camaçari - Camaçari - BA - CEP: 42816-440