Utilizamos cookies para otimizar e facilitar a sua experiência de navegação neste “site”. Ao ter acesso aos conteúdos do nosso Portal, você está concordando com a nossa política de cookies e privacidade. Leia Mais.

Braskem realiza primeiro carregamento de nafta com compensação de carbono

A Braskem realizou o primeiro carregamento de nafta com compensação de carbono para suas unidades do Polo Industrial de Camaçari. A carga de 38 mil toneladas foi embarcada no Texas e chegou ao Porto de Aratu no último dia 14 de maio. Essa operação experimental é resultado da parceria da empresa com a Trafigura, fornecedora do produto. O termo “compensação de carbono” indica que o vendedor e o comprador se comprometeram a reduzir ou compensar a quantidade de dióxido de carbono nas suas operações, incluindo a extração, armazenamento e transporte da nafta. O resultado dessa experiência será analisado pela Braskem, mas já sinaliza um avanço para a sustentabilidade da indústria petroquímica mundial.

“A Braskem está comprometida com uma estratégia de economia circular neutra em carbono, e este piloto é um passo nessa direção, contribuindo para compensar parte das emissões da cadeia de valor”, afirma Hardi Schuck, diretor de Insumos, Químicos e Afretamento Global da Braskem. Este carregamento “está alinhado aos nossos esforços para continuar a avançar em inovação e desenvolver soluções de baixo carbono”.

“A nafta é um componente vital para o setor de plásticos e essa carga com compensação de carbono, a primeira de seu tipo, demonstra o potencial de reduzir as emissões da cadeia de suprimento de montante para plásticos não combustíveis. Acreditamos que isso seja um passo adicional importante nos esforços do setor para minimizar as emissões”, diz Dmitri Croitor, diretor Global de Nafta e Condensados da Trafigura, um dos maiores grupos de comércio de commodities do mundo.

Vale registrar que as emissões equivalentes de dióxido de carbono, associadas à extração de petróleo bruto e seu transporte por oleoduto, ao processamento para produzir nafta e ao transporte marítimo da carga de 325 mil barris, com compensação de carbono, serão calculadas com base nos dados coletados pela Trafigura. As emissões serão compensadas por meio de uma combinação de medidas de eficiência, que reduzem as emissões e permitem as compensações de carbono de alta qualidade.

Além disso, a Trafigura trabalhou com o armador do navio para minimizar as emissões reais associadas ao transporte da carga, incluindo o afretamento do navio com maior eficiência energética e concordando com a redução de velocidade. As compensações de carbono de alta qualidade foram obtidas de projetos baseados na natureza localizados na Indonésia, que são verificados de forma independente pela Verified Carbon Standard.

Esse primeiro carregamento de nafta com compensação de carbono teve uma repercussão positiva no setor petroquímico mundial. Agora, a Braskem, como maior empresa petroquímica das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros, vai analisar “como a sociedade avalia essa operação para decidir se faz sentido mantê-la de acordo com a estratégia da empresa”.

COFIC DIGITAL - EMPRESAS PATROCINADORAS
PROGRAMAS COFIC
Rodovia BA 512, KM 1,5 - Polo Industrial de Camaçari - Camaçari - BA - CEP: 42816-440