Utilizamos cookies para otimizar e facilitar a sua experiência de navegação neste “site”. Ao ter acesso aos conteúdos do nosso Portal, você está concordando com a nossa política de cookies e privacidade. Leia Mais.

Senai Cimatec cria ecossistema de inovação no Polo

Reconhecido no Brasil como um dos principais Centros de Tecnologia e Inovação, o Senai Cimatec é um parceiro estratégico das empresas do Polo Industrial de Camaçari, atuando em capacitações customizadas de pessoal, consultorias, serviços tecnológicos, além de desenvolvimento de projetos de inovação. Atualmente, “temos parcerias com cerca de 40 empresas do Polo em diversas áreas, com ênfase em automação, manutenção industrial, materiais, meio ambiente, metrologia, química e petroquímica”, afirma Otanéa Oliveira, gerente de Eficiência Energética e Química/Petroquímica do Senai Cimatec. 

Com a inauguração no final de 2019 do Senai Cimatec Park, localizado na região do Polo, Otanéa Oliveira ressalta que ampliou-se significativamente a capacidade de atendimento às empresas do Polo, “não só na formação de pessoas, como também no desenvolvimento de pesquisas e serviços diversos, criando um ecossistema de inovação para apoio à indústria baiana”. Desta forma, segundo ela, o Senai Cimatec quer contribuir ainda mais com a atração de novas indústrias e o crescimento sustentado das empresas já instaladas. “Podemos dizer que temos a importante missão de contribuir para o desenvolvimento sustentável da indústria baiana e, em especial, do Polo de Camaçari, e um papel indutor da inovação, promovendo a transformação rumo a indústria 4.0”, observa. 

A infraestrutura do Senai Cimatec inclui 56 laboratórios, 42 áreas de competência alinhadas às demandas da indústria, incubadora e aceleradora de base tecnológica (40 startups por ano) e uma carteira com mais de 80 projetos de projetos de PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) com empresas nacionais e internacionais.

Projetos de eficiência energética e uso de água

Com o intuito de apoiar as indústrias na busca por sustentabilidade, por exemplo, Otanéa Oliveira informa que “o Senai Cimatec propõe uma abordagem integrada de eficientização energética que inclui aspectos elétricos, térmicos, de integração energética e intensificação de processos. Assim, oportunidades de uso mais racional dos recursos podem ser identificados tanto em estágios de contratação e uso imediato de insumos energéticos (elétricos e combustíveis) quanto em etapas de uso mais eficiente de utilidades (vapor ou água, por exemplo) ou ainda na otimização dos processos, de forma a se obter indicadores energéticos de processos mais positivos”.

Quanto à eficiência no uso de água, ela explica que o Senai Cimatec desenvolve soluções e projetos visando a redução do consumo de água e de geração de efluentes, além de otimização e novos métodos e processos inovadores de tratamento de efluentes, “visando obter água de reuso, disponibilizando água para outros usos, sobretudo para consumo humano e produção de alimentos, contribuindo assim para uma sociedade mais sustentável”.

“Na vertente de uso racional dos recursos, desenvolvemos inovações em processos visando economia de recursos e redução dos desperdícios, valorizando os resíduos e tratando-os como matéria-prima para outros processos químicos ou biotecnológicos, buscando aumentar a circularidade dos materiais e inovar em produtos com baixa emissão de carbono. Nestes processos, aplicamos ainda tecnologias de automação e troca de dados utilizando sistemas ciber-físicos, internet das coisas e computação em nuvem para melhoria da produtividade e eficiência”

Para tratar as especificidades de cada processo e propor soluções de eficiência energética, de uso de água e outros recursos, o Senai Cimatec aplica ferramentas comerciais já bem consolidadas e também desenvolve ferramentas próprias, como o simulador para aplicação do método Diagrama de Fontes de Água e da ferramenta Sanesim, aplicáveis em diversos ramos da indústria (petroquímica, alimentício, saneamento, entre outros), permitindo identificar, quantificar as perdas ao longo do processo, as oportunidades de integração energética entre correntes de processo e água de resfriamento, além da otimização do uso de água e dos custos de investimento e operação. 

Formação e atualização profissional

Com uma atuação presente desde do início das operações do Polo de Camaçari, o Senai Bahia, por meio de suas escolas técnicas e, em especial, do Senai Cimatec, vem sendo ator propositivo no desenvolvimento tecnológico e na formação dos profissionais. “São mais de 40 diferentes áreas de competência, que vão desde meio ambiente, mecânica, passando por manutenção e chegando até automação industrial e robótica. Cabe destacar a formação de técnicos em petroquímica e a qualificação de operadores de processos químicos e petroquímicos, cursos que desenvolvemos todos os anos, com uma infraestrutura diferenciada, promovendo continuamente a oferta de mão de obra para as indústrias do setor. Os programas ofertados podem ainda ser adaptados para atender às demandas específicas das empresas”.

Vale destacar que as escolas técnicas do Senai, com sua equipe de profissionais, participam ativamente nos debates de melhoria de mão de obra do Polo de Camaçari, através da participação dos grupos técnicos do Cofic e de parcerias diretas com as empresas. ‘Além disso, a cada novo curso que desenvolvemos, fazemos questão de contar com a participação das empresas do Polo nos Comitês Técnicos Setoriais especializados para a construção dos currículos formativos das ocupações. Com esses Comitês Técnicos, garantimos que nossa proposta de formação é aderente à demanda industrial”, ressalta Otanéa Oliveira, que conta com o apoio de todo o time do Cimatec.

COFIC DIGITAL - EMPRESAS PATROCINADORAS
PROGRAMAS COFIC
Rodovia BA 512, KM 1,5 - Polo Industrial de Camaçari - Camaçari - BA - CEP: 42816-440