Utilizamos cookies para otimizar e facilitar a sua experiência de navegação neste “site”. Ao ter acesso aos conteúdos do nosso Portal, você está concordando com a nossa política de cookies e privacidade. Leia Mais.

Senai Cimatec vai sediar Centro de Pesquisa em Inteligência Artificial

O Senai Cimatec vai sediar um dos Centros de Pesquisa Aplicada (CPA) em Inteligência Artificial (IA) para o desenvolvimento da Indústria 4.0 no Brasil. Sua proposta foi selecionada em chamada pública realizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e Comitê Gestor da Internet no Brasil CGI.BR, com o apoio institucional do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e do Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (Cofic). O projeto tem duração de cinco anos, extensível por mais cinco, totalizando 10 anos. O investimento previsto é de R$ 2 milhões por ano, sendo metade oriunda da Fapesp, MCTI e CGI.BR e a outra metade de empresas parceiras.

“O CPA-IA terá como foco a pesquisa aplicada de Inteligência Artificial (IA) para a Indústria, através do desenvolvimento e implementação de uma plataforma digital, aberta e multiusuário de ciência de dados e Inteligência Artificial Industrial (I-AI) para o desenvolvimento, alavancagem e modernização da indústria brasileira, visando alcançar os padrões da Indústria 4.0 e assim aumentar sua competitividade no cenário internacional, focando em pesquisas nas áreas específicas relacionadas aos problemas enfrentados pela indústria”, afirma Erick Sperandio, pesquisador líder do Centro de Referência em Inteligência Artificial do Senai Cimatec.

O Centro vai contribuir também para a formação e qualificação de pessoas, bem como para a transferência das tecnologias criadas para o setor industrial. E, como o Senai Cimatec está inserido na Bahia, Erick Sperandio acredita que “seu alcance e capacidade de atendimento às demandas da indústria baiana se intensificarão, podendo contribuir ainda mais para o desenvolvimento científico e tecnológico através da pesquisa e inovação com I-AI aplicados à solução de problemas reais”. Ele ressalta ainda “as ações de formação de competências, transferências de tecnologias, testes, ensaios etc. que certamente impulsionarão ainda mais o desenvolvimento científico e tecnológico do ecossistema de inovação da Bahia”.

Empresas associadas ao Cofic poderão participar do CPA-IA

O CPA-IA está aberto à participação das empresas do Polo de Camaçari. Segundo Erick Sperandio, “as empresas associadas ao Cofic poderão participar do CPA nas atividades de pesquisa, desenvolvimento, formação e capacitação de pessoas e de transferência de tecnologias. Desta forma, as empresas serão envolvidas nas produções acadêmicas e de propriedades intelectuais geradas pelo CPA-IA, usufruindo dos resultados do trabalho de P&D em I-AI em áreas que possam ser de seu interesse”, tais como:

- visão computacional: análise e monitoramento visual de zonas e de situações de perigo e risco à saúde e segurança; identificação e reconhecimento facial de colaboradores; robôs de inspeção autônomos em áreas de difícil acesso ou de grande risco etc.;

- processamento de linguagem natural: análise e auditoria automática de formulários preenchidos à mão ou eletronicamente; reconhecimento de padrões de texto e fala para melhoria de processos produtivos; processamento de comandos de voz para automatização de atividades sensíveis ou relevantes; automatização da análise, interpretação e classificação de notas e ordens de manutenção etc.;

- manutenção preditiva e prescritiva: análise multivariada automática de sensores de diversos equipamentos e sistemas para predição do tempo de vida útil de maquinários relevantes do parque industrial, bem como classificação e determinação dos tipos de falhas a partir dos dados monitorados para máquinas rotativas ou não etc.;

- otimização de processos industriais: determinação do melhor setup de variáveis de processos químicos/físicos; interpretação de dados e reconhecimento de padrões de processos industriais das plantas para otimização de recursos, tais como consumo de energia, pessoal, insumos, dentre outros; otimização do plano de manutenção de uma planta industrial etc.;

- processamento na ponta (IoT): paralelismo e otimização de processos de treinamento de modelos de IA em ambiente de High Processing Computing (HPC), de inferência em sistemas embarcados e IoT (Edge Computing), e de processamento próximo à ponta (Fog Computing).

Participação de pesquisadores renomados

O novo CPA-IA do Senai Cimatec conta com a participação de um grupo de pesquisadores e instituições. O diretor do Centro é o professor Antônio José da Silva Neto, tendo o professor Claudio Toledo como coordenador de Educação e Difusão do Conhecimento, e o professor Erick Sperandio como coordenador de Transferência de Tecnologia. São nove pesquisadores principais, com um total de 72 pesquisadores de diferentes instituições de pesquisa parceiras no Brasil. Também faz parte do Centro um seleto grupo de 17 pesquisadores internacionais que atuarão no Conselho Consultivo Internacional, contribuindo para o desenvolvimento das pesquisas que serão desenvolvidas.

Os parceiros do Senai Cimatec no CPA-IA são o Instituto Senai de Inovação (ISI) em Metalmecânica (RS), ISI em Sistemas Embarcados (SC), ISI de Sistemas de Manufatura e Processamento a Laser (SC), ISI em Sistemas Virtuais de Produção (RJ), Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da Universidade de São Paulo (ICMC-USP, SP), Instituto Politécnico da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IPRJ/UERJ), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA, BA), Universidade Federal da Bahia (UFBA, BA) e Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA, SP).

Os pesquisadores que formarão o Conselho Consultivo Internacional são reconhecidos internacionalmente e atuam em  instituições de pesquisa de reconhecida excelência internacional no âmbito acadêmico, científico e tecnológico, como Harvard University (EUA), University of California San Diego (UCSD, EUA), German Research Center for Artificial Intelligence (DFKI, Alemanha), Guangzhou University (China), University of Québec (Canadá), Polytechnique Montréal (Canadá), Coventry University (Inglaterra), Middlesex University (Inglaterra), Systems Research Institute (Polônia), University of Granada (Espanha) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ, Brasil).

COFIC DIGITAL - EMPRESAS PATROCINADORAS
PROGRAMAS COFIC
Rodovia BA 512, KM 1,5 - Polo Industrial de Camaçari - Camaçari - BA - CEP: 42816-440