Empresas do Polo de Camaçari e região serão beneficiadas com a nova estrutura do SENAI CIMATEC PARK

O Polo, Camaçari e a Bahia comemoram a inauguração de um novo e grande empreendimento voltado para o suporte ao desenvolvimento industrial do Estado: o SENAI CIMATEC PARK, equipamento criado para atender novas indústrias e empresas do Polo no campo tecnológico e de inovação. Um pleito antigo e um dos focos da Agenda dos 40 anos do Polo, que agora vira realidade e promete transformar o setor.

A chegada desse moderno complexo à rodovia BA-530, Km 2,5, no Polo Industrial de Camaçari, num terreno de quatro milhões de metros quadrados, a partir de 11 de novembro deste ano, reforça os pilares estratégicos da inovação, da tecnologia e da educação dirigidas para o segmento da indústria baiana e também marca a extensão da atuação do campus do CIMATEC em Salvador.

De acordo com o diretor de Tecnologia e Inovação do Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia (SENAI CIMATEC) e Reitor do Centro Universitário SENAI CIMATEC, Leone Peter, a estrutura de Camaçari é voltada para preencher uma lacuna existente no Brasil de centros de inovação e tecnologia com características industriais.

“O Plano Diretor do CIMATEC PARK é bastante ousado e a sua plena implantação levará de 20 a 30 anos. Ele foi concebido para apoiar as indústrias já estabelecidas, através da pesquisa e inovação, mas também como meio de atrair novos empreendimentos para a região e servir de agente para a criação de startups de base tecnológica no Estado”, explica o diretor.

De fato, o SENAI CIMATEC PARK será um espaço voltado para o desenvolvimento tecnológico da região, para a inovação e criação de novos negócios, como previsto na proposta inicial que integrou a Agenda dos 40 anos do Polo. Para isso, abrigará centros de tecnologia e inovação voltados à pesquisa, desenvolvimento e inovação (PDI) e com operação em ambiente industrial com foco no escalonamento de produção (scale-up), testes de grande porte, plantas piloto e desenvolvimento de protótipos em escala real.

"Vamos apoiar todo o processo de desenvolvimento tecnológico e inovação industrial, sem os entraves característicos de ambientes urbanos. Além disso, a nova estrutura abrigará centros de pesquisa e desenvolvimento de empresas parceiras, além de um parque de empresas de base tecnológica em manufatura avançada”, completa Leone Peter.

Nesta primeira etapa de implantação, ele conta que foram investidos cerca de R$ 80 milhões, provenientes do Departamento Nacional do SENAI, do BNDES (via empréstimo do Programa SENAI de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira) e do Departamento Regional do SENAI BA.

“As 42 áreas de competência operacionais no Campus Salvador utilizarão a infraestrutura do SENAI CIMATEC PARK para operar projetos de inovação e outras ações que justificam o uso de espaços industriais. Setores como energia, petróleo e gás, mobilidade, mineração e química e petroquímica certamente serão beneficiados”, garante Peter.

A infraestrutura diferenciada com 10 galpões industriais, além do prédio administrativo, permitirá atender necessidades nessas diversas áreas, como automação, conformação e união de materiais, química, mineração, fármacos, biotecnologia e construção civil.

Dessa forma, a indústria terá um parceiro muito bem preparado para apoiá-la no desenvolvimento e aperfeiçoamento dos seus processos e produtos, inclusive com acesso a fundos para o financiamento de projetos de pesquisa e inovação.

"Além disso, o SENAI CIMATEC PARK será um ambiente de fomento ao empreendedorismo de base tecnológica, o que criará toda uma teia de relacionamentos e oportunidades de negócios para as empresas da região”, ressalta o diretor.

O impacto em Camaçari, no Polo e para a Bahia como um todo será bastante positivo. A região passará nos próximos anos e décadas por grandes transformações, não apenas pela criação de empregos, mas também pela mudança do seu perfil, mais qualificado e de maior conteúdo tecnológico.

"Acreditamos que o entorno do SENAI CIMATEC PARK será muito afetado com a atração de novos empreendimentos e a criação de um ecossistema de empresas inovadoras de base tecnológica. Portanto, espera-se que o CIMATEC PARK seja um importante agente indutor de desenvolvimento para a região nas próximas décadas”, sinaliza Leone Peter.

Ganho para todos

O SENAI CIMATEC PARK já se apresenta ao Brasil e ao mundo como uma iniciativa poderosa para ajudar o Polo a se tornar mais competitivo por meio da capacitação das suas indústrias  e parceiros de negócio.

Para o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Camaçari, Waldir Freitas, a instalação dessa unidade do CIMATEC no município é um sonho desejado há muito tempo e será um novo divisor de águas para o desenvolvimento do Polo e região.

“É um tema que falamos há mais de uma década e que agora vai ajudar a transformar nossa realidade como um aporte fundamental para a evolução e o desenvolvimento local e da indústria baiana, gerando mais emprego e renda, atraindo também novas empresas para a região”, avalia o secretário.

Ele acredita que ao agregar novas empresas e atrair diversos investimentos será possível garantir o desenvolvimento de grandes projetos para o Polo, para Camaçari e para a Bahia.

“O CIMATEC PARK representa um marco histórico para Camaçari, com um grande potencial de capacitação tecnológica do setor industrial e consequente desenvolvimento do município e toda região. É tão importante para o setor como foi a criação da Cetrel para o gerenciamento das questões ambientais”, compara.

Por isso, ele revela que o município tem sido muito parceiro, atuando como um facilitador do projeto, que terá um impacto bastante positivo na economia local, com ganho para todos.

“Um município que tem um CIMATEC já conta com experiência de décadas na área de educação e tecnologia industrial, o que é fundamental para o desenvolvimento e a capacitação das empresas do setor. Nossa expectativa é enorme e enxergamos o Cofic como um importante interlocutor nesse contato com as empresas, uma vez que a instituição é a âncora do Polo e funciona como um cartão de visitas de Camaçari”, arremata.

O superintendente do Cofic, Mauro Pereira, também comemora a chegada do CIMATEC PARK como um reforço para o crescimento econômico e sustentável de Camaçari e toda região. Ele comenta que o SENAI CIMATEC é uma importante referência para o Polo, há décadas, assim como todo o Sistema S, que engloba o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, que contribui não apenas na formação e capacitação da mão de obra local, mas, sobretudo, no apoio técnico para o desenvolvimento da indústria baiana. Como aconteceu na época da criação do Complexo Ford.

“A idealização e concepção do projeto são originários da Ford, mas o CIMATEC apoiou a montagem e ajudou a desenhar o empreedimento, colocando à disposição toda a área técnica do SENAI para identificar oportunidades para as empresas sistemistas, criar laboratórios, realizar e monitorar testes dos produtos, por exemplo. Foi uma grande contribuição para o novo complexo industrial”, admite.

Agora, com a chegada do SENAI CIMATEC PARK, o superintendente do Cofic acredita que a indústria baiana ganhará um novo reforço. “Na verdade, essa nova estrutura vai beneficiar a indústria brasileira, pois novas oportunidades devem se confirmar na região com a atração de empresas de fora. Além disso, haverá uma consolidação da modernização do porque industrial já instalado e que não é restrito a Camaçari, uma vez que o apoio técnico é aberto a empresas de toda a Bahia e para as que queiram aportar investimentos com segurança e com boas condições para gerar emprego e renda na região”, declara.

Mauro Pereira parabeniza a iniciativa que eleva Camaçari a uma posição de destaque nacional com a inauguração do novo CIMATEC PARK, com funcionamento a partir de 11/11/2019, assim como a receptividade do empreendimento no município e agradece à FIEB e ao Governo do Estado pelos esforços em identificar o melhor local de instalação do projeto.

“Dessa forma, ganhamos destaque como referência brasileira e internacional, tendo o CIMATEC PARK como o principal agente de crescimento econômico e sustentável da região, consolidando o avanço das tecnologias criadas para o desenvolvimento das indústrias locais e para as que vierem a se instalar na Bahia no futuro”, conclui.

COFIC DIGITAL - EMPRESAS PATROCINADORAS
PROGRAMAS COFIC
Rod. BA 512, Km 1,5 - Fazenda Olhos D'Água - Camaçari-BA. - Cep. 42810-440